Algumas coisas vale apena comprar no exterior.

Fala galera, blzz ?
Andei fazendo umas compras nos EUA e decidi postar por aqui algumas coisas que valem apena.

Valeu apena comprar:

O livro Diving Science. $18.25
Livro praticamente esgotado no Brasil e não traduzido para o português.
O livro foi escrito por dois mergulhadores e especialistas em fisiologia e psicologia. Os dois profissionais descrevem com detalhes e imagens todas as mudanças que o corpo sofre durante um mergulho. Fala também de perigos potenciais no sistema muscular e cardio, além de muitas outras informações. É um livro bem completo e importante para quem é instrutor ou esta na carreira do mergulho, para quem é profissional de educação física então nem se fala.
Através deste link vocês podem ler algumas páginas do livro.

O livro I can´t accept not Tryng – Michael Jordan – de $0.60 à $1.43
O que o maior jogador de baskett de todos os tempos tem haver com o mergulho?
Tudo. Sempre falei neste blog que na minha opinião todo instrutor de mergulho deve ser um líder, tem de praticar sua natureza de liderança que existe em todo ser humano. Isso vai interferir nas suas relação num trabalho em grupo e também na sua didática. Melhorando estes pontos e mais alguns com certeza você terá alunos que irão aprender mais e mais satisfeitos.
Neste livro, Jordan fala sobre todos os aspectos importante para um líder exemplar e também suas ações para atingir a excelênca que todo nós procuramos. Um livro muito interessante e legal, vale apena ler.

O computador de mergulho Aeris Manta – $299
Um excelente computador de mergulho que no Brasil custa em média R$ 1.200
Diversas lojas nos EUA estão vendendo este computador a este preço super em conta.
Existe inclusive lojas que abatem o preço caso você ache alguma outra loja por lá que tenha preço mais barato.
A lojas mais bacana e confiáveis para comprar são:
Leasure ProJoe Diver AmericaDiver Suply

Baterias e Pilhas recarregaveis. – $140
Desde que comprei minhas lanternas de mergulho primária e secundária tenho gasto uma quantia muito boa para manter as pequenas funcionando. Pilha média é um absurdo de caro e as pequenas não estão longe, pensando que você usa elas por apenas dois mergulhos e olhe lá, vale muito mais apena comprar pilhas recarregáveis.
Fui procurar aqui no Brasil por recarregadores e pilhas médias recarregaveis. Somente o recarregador custava R$ 124,00 e então desisti e fui logo recorrer ao Tio Sãm. Não deu outra, achei um conjunto de 8 pilhas médias recarregaveis, 8 pilhas pequenas recarregaveis e um carregador com entrada para tomada e para o carro, tudo por apenas $85. Sem dúvidas uma compra que valeu apena e vai suprir o consumo das minhas lanternas C4.
Aonde comprar: http://www.batteryjunction.com/

É isso galera, por enquanto é só…grande abraço e até+

Anúncios

Diving Science::The Book

Fala galera, blzzz ?
Desculpem a falta de atualizações no blog, porém estou numa correria danada no trampo. A notícia boa da semana é que comprei o meu computador de mergulho o Aeris Manta por $299 na Leasure Pro em NY.

Vou falar o porque da minha escolha sobre o computador num próximo post.

Nesse posto quero falar sobre outra compra que fiz, que é o livro Diving Science.
Estou organizando outros posts importantes para vir ao blog e assim que estiver com tudo em cima posto para todos vocês.
Um grande abraço e continue, visitando as outras matérias…

Esta semana comprei através da Amazon um livro sensacional para quem esta seguindo carreira no mergulho.

O livro se chama Diving Science dos autores Michael B. Strauss e Igor V. Aksenov, ambos mergulhadores e especialistas em medicina e fisiologia do mergulho.

O livro Prepara você para cada aventura submarina e seus desafios. O objetivo principal é ajuda você a antecipar, reconhecer e responder aos sinais físicos, fisiológicos e psicológicos encontrados no mergulho. Escrito por dois especialistas em fisiologia do mergulho e da medicina, esse recurso global irá ajudá-lo a gerenciar cada etapa de um mergulho, com mais segurança e com êxito. Quer você esteja na superfície ou no fundo, na descida ou subida, você saberá exatamente o que fazer e quando fazê-lo. Com informações sobre tudo, desde as manobras dos gases a primeiras respostas e intervenções para problemas médicos.

Para conhecer um pouco mais sobre o livro, visite o link na amazon.

Ou se você preferir dar uma olhada dentro do livro, visite este link.

Grande Abraço a todos, até+

CANAL DE PERGUNTAS DA DAN.

Fala galera, blzz ?
Não achei que seria tão rápido mas como sempre o pessoal da DAN foi super atencioso e nos respondeu com muita rapidez.
A partir de agora quaisquer questões que tenham haver com medicina, fisiologia e mergulho vocêS podem ENVIAR para o email rafael@redblackdivers.com e eu estarei repassando para o pessoal da DAN.
Mas o que podemos perguntar ?
Tudo, qualquer dúvida, desde se aquele probleminha no ouvido que você teve na piscina em 1983 pode ser um problema para você mergulhar hoje até se alguem com paralisia pode mergulhar.
Perguntem tudo o que quiserem porque médicos da DAN irão responder com todo o cuidado a atenção possível.

Se você não conhece a DAN ou quer saber mais sobre seus serviços, acesse o site: www.DiversAlertNetwork.org/membership/

Sempre que vocês verem este selo no começo do post:
Significa que este vai ser um post aonde estarão as respostas feitas pela DAN para cada pergunta. As perguntas serão devidamente identificadas com nome de cada autor.
Espero que este serviço facilite muito a resolução de dúvidas de todos vocês e os deixem o mais confiante possível para mergulharem sem nenhum problema.
Então é isso galera, a partir de agora é resolver as suas dúvidas com relação a medicina e aos cuidados do mergulho e bora mergulhar. Gostaria de Agradecer demais a Patricia Caetano da DAN que me deu dicas de como divulgar mais os serviços.

Um grande abraço a todos, bons mergulhos e façam suas perguntas.

Canal DAN

 

Fala galerinha, blzz ?
Desculpem a falta de posts últimamente, mas prometo que vou postar tudo que tenho para postar neste final de semana. Além da correria, estou conversando com a galera da DAN e criando um canal direto através deste blog e da DAN para que eles respondam as várias questões que tenho recebido sobre medicina e fisiologia do mergulho.
Por tanto, acredito que ainda neste final de semana tudo esteja funcionando e venho oficializar a noticia por aqui.

Um grande abraço a todos e ate+

Sobre condicionamento e mergulho.

Minha esposa é formada em educação física, ela também esta correndo atrás do mestrado em fisiologia do exercício, porém com foco no mergulho. Esses dias estávamos conversando sobre ter um preparo físico melhor para mergulhar melhor. E ela me disse entre outras coisas que apenas 20%/30% do oxigênio que respiramos é devidamente aproveitado pelo nosso corpo, isso em uma pessoal que não tem um condicionamento físico regular.
Pois é, fiquei imaginando que 20 ou 30% para quem esta com um cilindro contado embaixo da água é muito pouco e é claro então que não é preciso ser nenhum atleta, porém é mais do que bom dar aquela corridinha umas 3x por semana e se possível, musculação para reforçar as costas (por conta do peso do equipamento) e também membros inferiores e superiores. Nosso corpo agradece e vai agradecer mais ainda quando todo mundo for avô.

Outra coisa interessante que li foi uma matéria na revista Go Outside de Março deste ano.
Uma reportagem falando sobre o uso da apnéia para o treino de mergulhadores scuba, como nós.
É claro que um treinamento desses, por mais simples que seja, já nos ajuda a manter a calma em alguma emergência ou até falta de ar, óbvio que sempre teremos nossa dupla (assim desejamos e se sua dupla for sua esposa, nunca brigue com ela na véspera de um mergulho) do lado para nos fornecer ar sempre que necessário, mas temos que imaginar todas as situações, pois as possibilidades são limitadas.

A revista da alguns passo-a-passo para treinarmos apnéia em casa e aos poucos melhorar nosso condicionamento físico. Vou digitar aqui, na íntegra para vocês.

Treinar a capacidade de suspender a respiração aumenta o tempo que você consegue ficar mergulhando sem cilindro, melhora o seu condicionamento para outra práticas esportivas, principalmente as aquáticas, e faz com que você tenha mais chance de sobreviver a uma emergência na água.
Está esperando o que para treinar?

1 – Comece numa piscina.
Escolha uma profundidade rasa (altura da cintura) para facilitar a ventilação e ter apoio.
Use neoprene mesmo em água com temperatura confortável, pois com o relaxamento o corpo gasta mais energia para se manter aquecido.
Use máscara de mergulho para evitar que respire pelo nariz e engasgue.

2-Prepare pulmões e mente.
Alongue-os fora da água, dando atenção especial à musculatura que envolve a caixa torácica, a lombar e principalmente a região da nuca. Faça dois a três minutos de respiração lenta, de amplitude moderada, usando o diafragma e relaxando os músculos do abdômen. Expire devagar, longa e profundamente.

3- Tenha um supervisor ao lado.
Por meio de sinais, seu amigo deve te monitorar enquanto estiver submerso e te socorrer caso desmaie por causa da hipoxia (pouco oxigênio no sangue). Peça para ele te tocar no ombro a cada 30 segundos durante os dois primeiros minutos. Depois, a cada 15 até o terceiro minuto. Tempo máximo que você deve arriscar. Se você não responder com o sinal pré-combinado, seu amigo deve tocá-lo de novo, imediatamente. Se a falta ou a confusão do sinal persistirem, ele deve retirá-lo da água (é o começo do samba, quando há perda do controle motor).

4 – Aqueça-se.
Faça um aquecimento de três ou quatro apnéias progressivas, enquanto flutua de barriga para baixo, totalmente parado. Suba assim que tiver a primeira sensação de que precisa respirar. Na borda da piscina, descanse fazendo a respiração abdominal por dois minutos, no mínimo, e faça outra apnéia, mas sem provocar sofrimento.

5- Respire fundo.
Agora é hora de tentar o seu tempo máximo. Faça um descanso maior (cinco minutos), partindo para a ventilação abdominal nos últimos dois minutos, e completa (profunda) nos segundos finais antes da submersão. Mas não inspire até se sentir desconfortável, pois reflexos te farão expirar. A hiperventilação, quando feita a ponto de baixar demais o nível de Co2 no sangue, pode te apagar.

6- Relaxe a mente.
Ignore seu corpo e cérebro te pedindo para respirar. Relaxe na água. Percorra com a mente todo o seu corpo, observando as áreas contraídas e soltando-as aos poucos. Vale qualquer distração para não olhar o relógio (até contar azulejos). Técnicas de ioga e meditação ajudam.

7- Hora de voltar.
Quando as contrações do diafragma ficarem contínuas e insuportáveis. busque apoio para os pés e para as mãos. Não levante abruptamente, apenas retire a cabeça da água e ventile completamente, pelo menos quatro vezes, para depois se movimentar. O nível de oxigênio ao fim da apnéia é baixo e você pode desmaiar nos 20 primeiros segundos.

Medidas emergenciais.
Se você desmaiar, seu amigo deve tirar sua cabeça da água, retirar equipamentos e no máximo durante 5 segundos, aplicar o tap, talk and blow; aqueles tapinhas na cara para reanimar.
Se isso não der certo, devem ser feitas respirações boa-a-boca para desbloquear o glote.
Se o caso for mais grave, use técnicas de ressuscitação cardiopulmonar e chame o resgate.

Fonte: Revista Go Outside – Março 2008 – Pag.48

Lembrem-se, os números informados são para pessoas que no mínimo tem um bom condicionamento físico. Antes de tentar qualquer coisa desse tipo, vá correr, melhorar o seu condicionamento. Quando você estiver bem, tente treinar a apnéia, mas não precisa seguir os números falados nessa matéria, use seus próprios limites e com certeza, com o tempo você vai avançando e podendo superar cada vez mais, afinal, tudo na vida é treino e persistência.

Lembre-se que não somos mergulhadores de apnéia, isso é apenas para que em uma eventual emergência lá embaixo, você possa agüentar mais tempo sem oxigênio e segundos ou minutos podem valer sua vida ou a de alguém.

Não esqueça também a principal regra do mergulho. NUNCA PRENDA A RESPIRAÇÃO E SUBA. Ou você pode estar a caminho de um acidente de mergulho que pode levar a morte.

Espero que tenham curtido um grande abraaaço, até mais..