Responsabilidade do Mergulhador.

Fala galera, blzz ? Estou por aqui de novo iniciano uma série aonde vou falar mais sobre oceanos e nossas responsabilidade como mergulhadores.

Não é novidade pra ninguém aqui que cada vez mais estamos usando as águas do nosso mundo como depósito de lixo. É duro ver e saber que por ano jogamos 21 toneladas de detritos no mar e isso vai desde aquele papel de bala que caiu do nosso bolso num passeio de barco até lixo tóxico manipulado por empresas. Antigamente mergulhadores eram vistos como uma dos maiores predadores dos mares, porém os anos felizmente passaram e hoje em dia trocamos o arpão por câmeras fotográficas e existe a famosa frase: “Caça somente o que você for comer!!” E tenho experiência própria nisso, em um liveaboard um amigo foi fazer caça submarino e trouxe alguns peixes e claro todo foram consumidos. Com o tempo fomos criando uma idéia de preservação e hoje os mergulhadores são os que mais lutam para o cuidado dos nossos oceanos.

Tanto que em diversos cursos nós sempre somos lembrados de cuidar da nossa flutuabilidade, para não levantar sedimentos e também não esbarrar em corais que são estruturas extremamente sensíveis. Porém quando acontece um acidente e quebramos algo isso é facilmente recuperado pela natureza e até acontece naturalmente, grandes ondas e correntes são responsáveis por quebrar milhares de corais todos os dias e como a natureza é sábia, esses corais quebrados são levados a outros lugares o que da origem e abrigo a novas vidas… Masssssss, não é por isso que usaremos isso como desculpa para nos descuidarmos. Lembrem-se que existe lugares como a laje de santos aqui no Brasil onde não é permitido tocar em nada e nem mergulhar de luvar para intimidar a galera.

Felizmente hoje em dia existe diversos programas de preservação que vai desde a educação em escolas comuns até organizações como greenpeace e o Project Aware da PADI, esses dois são os mais importantes para nós, eu mesmo participo do Greenpeace e participei de algumas passeatas por aqui e pretendo ser mais ativo ainda quando estiver no exterior.
O project Aware é mais focado ainda na questão da conservação marinha, você pode trabalhar desde no reconhecimento de espécies marinhas da região e cuidados até em idéias e pesquisas para ajudar na conservação das águas. Claro que isso também depende um pouco de sua formação, mas não quer dizer que você precisa ser biólogo a única coisa que você precisa ter é vontade de trabalhar e ser voluntário.

Vai também uma boa dica para quem esta no exterior ou quer ir para. Trabalhar com esses grupos pode ser um importante meio de contato para você ir para outros lugares do mundo. Governos da maioria dos países também dão mais apoio a pessoas que fazem algum bem comunitário oou seja, trabalho voluntário social.
Vale a pena informar-se e correr atrás pode ser uma boa porta de entrada.

Project Aware

No nosso dia a dia de mergulho podemos tomar a seguinte postura para ajudar na conservação:
Interações responsáveis do mergulhador:

Como mergulhadores nós somos privilegiados por interagir com a vida aquática. Este privilégio vem junto com a responsabilidade de minimizar danos e perturbações ao ecossistema subaquático. As seguintes orientações ajudam nesse sentido:

1- Interação passiva é o melhor.
Interação passiva significa que você interfere o mínimo possível no comportamento dos organismos aquáticos. Geralmente isto significa nadar, observar e tirar fotos/video de maneira que não afugente ou perturbe os organismos.

2 – Esteja alerta a danos acidentais.
Esteja consciente de que atividades aparentemente inofensivas podem ser prejudiciais. Corais e outros organismos são extremamente frágeis e podem ser facilmente feridos por toques intencionais ou não.
Sendo assim, preste atenção ao que você toca e prenda seus acessórios para que não fiquem arrastando. Alimentar organismos pode parecer uma interação positiva, mas em muitos ambientes isto pode interferir nos seus comportamentos normais e no equilíbrio ecológico.

3 – Se você caçar, seja conservador.
Siga todas as leis de caça e não colete mais do que você irá consumir pessoalmente. Lembre-se de que o organismo que você deixar sob a água irá se multiplicar para o futuro.

Bom é isso ae galera…bons mergulhos e lembre-se sempre de estar de olho aos que mergulham com você e sempre dar um toque na galera que anda vacilando.
Grande abraços e até maaaais !!

Estágio em Noronha.

Com certeza um dos maiores atrativos de quem vai fazer o plano de carreira na Narwhal é a grande possíbilidade de estagiar em fernando de noronha. Imagine você naquele paraíso, naquele cenário perfeitamente criado, ainda com a mordomia de ter várias coisas pagas (fora alimentação, passagens e depesas pessoais). É o emprego que todo mundo pediu.
Tenho que dizer que no começo me arrisquei a pensar dessa forma, porém comecei a perceber o estilo das pessoas que passaram por noronha e das pessoas que desistiram de ficar mais tempo em Noronha. Pois é, o preço de estar no paraíso com o trabalho dos sonhos, é suar a camisa muito mais do que em qualquer outro lugar. Carregar uns 500 cilindros por dia, fazer mais de 6 mergulhos por dia, nem eu sei quantas horas ficamos dentro do mar e no final do dia, você capota e cai morto de cansado, deve ser parecido com o exército. Para quem vai pensando do modo que eu comecei a escrever este post, realmente no fim da primeira semana, quer cair fora daquela loucura, São Paulo é o verdadeiro paraíso. Mas para quem tem realmene a vontade de ser um verdadeiro mergulhador, Noronha é tradição e necessidade. E é sobre isso o post de hoje.

Alguns amigos, quando comentei sobre irmos para a ilha em dezembro ficaram completamente felizes e a maioria das coisas que diziam era sobre querer um emprego desse ou querer ter a sorte de ir para lá também.
Como diz Oscar Shimidt o maior cestinha do Brasil, Mão santa que nada, Mão treinada.
Desde o começo do curso, sempre deixei bem claro ao grande Carlão da Narwhal que nosso objetivo era chegar a Fernando de Noronha e com o tempo, fui aprendendo que não precisa ser um grande mergulhador para ir a Noronha, isso mesmo, não precisa. Até porque, grandes mergulhadores em por volta de vários mergulhos no log e uma média de vários anos de experiência. É como dirigir um carro, você aprende o básico para se virar e voltar bem para casa, o resto, só dirigindo, treinando e adquirindo a famosa e tão falada experiência. E lembra-se de quando eu falei que sempre deixei claro nossos objetivos?O de ir Para Noronha? Pois é, quase certeza que essa é a diferença fundamental. Além de se dedicar, de se esforçar e mostrar que você é capaz, é preciso ter o perfil daquilo tudo ou como falei no começo do post, deixa de ser o paraíso para ser o inferno, não precisa ser nenhum maluco por acadêmia ou viciado em ficar acabado de tanto exercicío, mas precisa ter vontade, querer fazer, trabalhar em equipe e fazer parte do melhor sempre. Precisa demonstrar a vontade de querer ser algo mais. No mergulho como na vida, precisa mostrar vontade, de vencer, de ser o melhor e o mais legal, precisa ser humilde quando terminar o seu estágio lá e ser um ótimo mergulhador como você vai ser depois de sair de lá. Como diria um livro que eu li.

Somente quando você andar entre a peble e não se corromper e andar entre os reis e ser natural você vai ser um homem e alguém.

Grande abraço a todos….Noronha que nos aguarde….

O inicio…

Fala galera, blzz ?
Primeiramente, a idéia principal deste blog é ajudar as pessoas que estão ingressando na carreira do mergulho.
Eu e minha esposa estamos começando a andar por este novo mundo e com muita ajuda um do outro e trabalho duro, estamos conseguindo comprar nossos equipamentos, fazer nossos cursos e utilizar de forma máxima o tempo que temos para estudarmos e realizar o nosso grande objetivo de chegar a Course Director. Pretendo desde então começar a logar todo este caminho, até o momento em que conseguir realizar este sonho, mas todo nós sabemos que este é um objetivo composto de vários outros objetivos….Quem sabe um livro ??