Cursos: O2 Provider – Nitrox

Cursos realizados até o momento:
Básico
Avançado
EFR
Rescue
Equipamentos
Naufrágio
O2 Provider
Nitrox

Fala galera, blzz ?

Mais um fim de semana de cursos em sampa.
Então vamos lá falar do que interessa.

Neste fim de semana realizei ao lado da minha esposa os cursos de Provedor O2 (PADI e DAN) e Nitrox. Lembrando que os dois cursos são validos para requerer a carteirinha de MSD, se você esta perdido no que estou falando leia o posto anterior a este, logo abaixo.

Cada curso dura somente um dia e não necessita de check-out, apenas algumas horas de instrução em sala de aula e prova, isso é bom para os que estão afim de pegar a carteirinha porém tentando economizar com chek-outs.

No sábado começamos as 9.30 da manhã o curso de Nitrox da Narwhal Moema.
Para quem não sabe, nitrox trata-se de uma combinação de Oxigênio com Nitrogênio que possibilita mais tempo de fundo entre outras vantagens para o mergulhador.
Nitrox é o começo da vida de mergulhador técnico. Embora você ainda não seja considerado um mergulhador técnico, você estará adentrando este mundo, isso porque quando você fizer o curso técnico o primeiro curso vai ser o de Nitrox avançado.
Neste curso você ganha três novas tabelas e um livro para estudar tudo o que aprendeu.
Tudo é relativamente simples, todo planejamento você aprende bem rápido até porque já esta acostumado com o uso de tabelas.
Você tem mais contas para fazer, mas nada assustador, apenas será questão de tempo e prática. E a partir de agora se torna obrigatório o planejamento do seu mergulho, principalmente usando Nitrox.
Por todos estes motivos, recomendo o curso de nitrox com certeza, até porque, se você for ser instrutor, é quase que obrigatório saber usar nitrox e o conceito de mistura de gases.

Provedor de Oxigênio
Este curso é quase uma extensão do EFR.
Basicamente você vai rever importantes conceitos aprendidos no curso de EFR porém focados no uso de oxigênio em caso de um acidente de mergulho.
Aprende diversas técnicas, averiguar se o barco tem condições de partir para um mergulho, e o material de socorro esta ok, até toda montagem do cilindro de O2 e uso caso necessário.
Você fará testes com bonecos e depois fará mais simulações com seus amigos, diversos cenários para aprender a usar cada uma dos itens do kit da DAN de oxigênio.
Curso extremamente importante pois atualmente na maioria dos lugares do mundo, para trabalhar é necessário ter a carteira de O2 provider.
É um curso rápido, gostoso de fazer e muito interessante, você vai adentrar um pouco mais na fisiologia humana. Minha dica é para que faça o curso de EFR antes assim você vai ter mais noção ainda do que é falado em aula, mas se não puder fazer antes, não tem problema nenhum.
A importância prática deste curso é que no caso de uma emergência em um acidente de mergulho, podemos prover O2 na tentativa de diminuir os sintomas ou até mesmo fazendo a diferença entre o sucesso ou não do tratamento que o acidentado venha a receber. Prover O2 e saber manejar uma situação dessas faz a diferença total no final das contas.

Os dois cursos são aconselhados, você vai ver que faz parte da formação básica de um instrutor de mergulho, portanto, mãos a obra e vamos estudar.

Os cursos foram ministrados pelo Orlando Franceschini
Na Narwhal Moema.
Excelente instrutor e amigo, experiente com muitos anos de água.

Grande abraço a todos.
Até+

Curso de Equipamento (Post finalizado)

Cursos realizados até o momento:
Básico

Avançado

Equipamentos
 
 

 

Fala galera, blzz ?

Direto de sampa estou escrevendo sobre o curso deste final de semana. Dois dias, sábado e domingo falando sobre equipamentos, vamos direto ao assunto.

 

O curso foi ministrado pelo professor Rodoberto, mais conhecido na Narwhal como caipira.

Foi muito legal ter aula com ele, a empolgação do cara é bacana, você percebe nitidamente a paixão que ele tem pelo curso de sua formação, engenharia. O cara adora falar sobre as peças que compõe os equipos, como funcionam e tudo mais, você aprende com mais facilidade quando tem alguém que esta realmente a fim de fazer aquilo.

 

O curso no geral aborda os seguintes tópicos:

Metrologia

Ferramentas

Cilindros

Torneiras

Reguladores

Coletes

 

Cada uma com desenhos, tabelas de conversão de medidas e explicações bem detalhadas.

Durante o curso, vamos várias vezes até a oficina, desmontar equipamento, trocar peças, remontar, limpar, testar e tudo mais o que envolve esse mundo. É realmente muito interessante.

Se você esta pensando em comprar equipamentos que tenham a melhor performance e curso / beneficio, faça o curso antes, com certeza você vai aprender a avaliar muito melhor tudo antes de comprar qualquer coisa que seja e com certeza vai economizar tanto no ato da compra como também na manutenção.

 

Outra coisa boa do curso é a vantagem de ser treinado para perceber cilindros falsos (isso mesmo) ou que não podem ser recarregados, sinais que apontam futuros problemas ou detalhes que significam um problema atual e tratando-se da sua vida embaixo da água, vale muito.

 

Uma das coisas que me chamou a atenção é descobrir que a lanterna não pifa quando ela enche de água. Isso mesmo, se você estiver mergulhando e o o-ring da lanterna falhar e começar a encher de água, no mesmo momento você deve abrir a lanterna (mesmo embaixo da água) retirar as baterias para que estas sim não sejam corroídas pela água e liberem um ácido que é altamente corrosivo e isso sim deteriora sua lanterna. Feito isso, lave a lanterna em água doce, seque cada componente com um secador e tenha certeza de estar tudo seco, quando estiver tudo ok, monte a lanterna e ela vai estar funcionando, é muito legal.

Se você não tiver confiança em desmontar a lanterna, leve até a Narwhal ou outro local para reparos de equipamentos de mergulho de sua preferência e tudo vai estar certo, só não esqueça de tirar as baterias logo, pois o verdadeiro problema esta no ácido que ela libera e corrói toda lanterna.

 

Outra informação legal é sobre a história dos equipamentos de mergulho. Eu sempre pensei que o Sr. jacques Cousteau era o cara que teria desenvolvido o equipamento de mergulho que conhecemos hoje. Porém, descobri que Na verdade, um cara chamado John Patrick (Francês), foi o responsável, ele inventou e modelou a máscara, lastros e outros itens muito utilizados por nós hoje. Anos depois,  o amigo de Cousteau, o engenheiro

Émile Gagnan, remodelou alguns itens para serem usados melhor na profundidade. O melhor é que na verdade o livro revela que Cousteau tinha um certo medo e receio de mergulhar com o novo equipamento, por isso, os testes eram realizados por um de seus amigos, com o tempo Cousteau tomou coragem e começou a mergulhar com as novas tecnologias da época. E como Jacques chegou até onde chegou?  A resposta vem direto de um comentário do próprio autor em entrevista para a revista Galileu.
Galileu: Por que Jacques Cousteau ficou de fora de seu livro?
Norton: Para começar, Cousteau sabia muito bem como se autopromover, e já existem inúmeras biografias a seu respeito. Além disso, após sua morte, seus direitos começaram a ser muito disputados entre suas duas famílias, e era impossível conseguir permissão para usar qualquer um de seus trabalhos.
 

 

 

Mais informações

 

Claro que não devemos agora começar a falar mal de Jacques Cousteau, devemos respeitar tudo o que ele fez, mas temos obrigação de também falar a história como realmente ela é.
Bem, concluindo, o curso é realmente muito bom e ajuda demais a entender um pouco mais sobre os equipamentos de mergulho no geral, a prática também é muito jóia e ajuda a entender os componentes que estão sendo estudados na teoria.
 

 

Mas o mais legal mesmo são todas as risadas na boa oportunidade de encontrar grandes amigos e mergulhadores, isso é que realmente nos deixa pronto pra enfrentar mais uma semana até o próximo encontro, a amizade nesse mundo vale demais…

 

 

É isso ai galera…

Um grande abraço a todos…e até o próximo curso….