Carreira de Mergulho – Dicas

Fala galera, blzz ?

Aqui vai uma dica para quem esta seguindo a carreira no mergulho como eu.
Já falei aqui uma vez que o ideal para quem quer ser mergulhador e viver disso é ir para o exterior, além do salário que de um instrutor na média é de 4.000 a 6.000 dólares as condições são infinitamente melhores que no Brasil. E você ainda tem a oportunidade de continuar estudando, fazer outros cursos e chegar até o grau mais alto do mergulho que é o course director.

Porém, antes de sair do Brasil é legal que você tenha o máximo de experiência ´possível então mãos a obra:

-Quando for Divemaster procure participar do máximo de estágio que puder mesmo que não seja remunerado.

-O técnico Bernardinho falou em seu livro uma vez uma coisa assim: “Aproveite o tempo de banco de reserva para aprender como funcionam as coisas” Portante, aproveite o tempo que vc for somente o “reserva” e estiver atuando como divemaster para aprender metodologias e macetes das aulas

-Procure trabalhar em navios de cruzeiro: Vocês não sabem quanta oferta de emprego existe em navios de cruzeiro, admitindo que você já tem bom nivel de inglês corra atrás dessas empresas e se ofereça para trabalhar. Geralmente dão contratos de 3 – 6 ou mais meses com um salário de 3.000 dólares como divemaster. Se você não sabe por onde começar a procurar essas empresas, acesse o site http://www.sunsea.com.br/  Ela comanda a maioria dos cruzeiros no Brasil. Mas também procure informar-se na sua operadora de mergulho eles geralmente recebem vários emails dessas empresas pedindo por divemaster ou instrutores e ai derrepente indicam você o que deixar tudo mais fácil. Lembre que a vantagem do navio é que além de viajar por vários lugar por um bom tempo e salário, você ainda tem o salário livre porque come, bebe, dorme e faz tudo dentro do barco.

-Depois de certa experiência e talvez uma graninha guardada do trampo no navio. Invista em cursos de especialidade e pegue sua carteirinha de MSD – Master Scuba Diver. Essa carteirinha vai facilitar o seu acesso quando continuar a carreira pela PADI e além disso ter a certificação do nivel mais alto do mergulho antes de se tornar profissional ajuda a subir o seu salário no exterior e além disso ainda você vai ter mais cursos de especialidade no currículo o que possívelmente vai ter tornar instrutor de especialidades depois de alguma tempinho. 

Dicas de cursos de especialidade (e tbm os cursos que eu estou fazendo):

Peak Performance Buoyancy  – Super necessário para qualquer outro mergulho, aqui vc vai aprender a melhorar teu equipamento, respiração, movimentos e tudo mais que envolva a sua flutuabilidade, muito necessário principalmente para que curte naufrágios da vida…É bom que vc tenha esse no currículo.

Provedor de O2
  – Hoje em dia é dificil um lugar que pegue instrutor sem que ele tenha este curso, tudo porque é extremamente necessário para a segurança das pessoas que estão mergulhando com você.

Profundo – Precisa falar? A maioria dos mergulhos mais legais estão abaixo dos 18 metros de profundidade. Mergulho profundo neles

Nitrox – Mistura de gases para aumentar o seu tempo de fundo e diminuir o tempo de intervalo de superficie. Além de outras utilidades.

Equipamentos – Ai o seu aluno fala que o regulador esta vazando e o cara ja vai ficando desesperado, suando frio achando que o ar esta acabando e você, nobre instrutor com curso de equipamentos chega com toda calma do mundo, abre o regulador e simplesmente desdobra a borrachinha que esta deixando escapar o ar. Você no minimo vai ser aclamado pelo aluno além de deixar o cara tranquilo para fazer o mergulho sabendo que esta do lado de uma pessoa experiente e que o ar não vai acabar

Naufrágio – Nem precisa falar também né, nada melhor do que um mergulho na história. Naufrágio neles que a galera pira uhauhahuahua…

É isso ae, com tudo isso pode ter certeza que você vai estar garantindo um currículo e tanto para trabalhar em qualquer lugar do mundo. Não esqueça do inglês e espanhol e vamos mergulhar.
Espero que eu tenha ajudado, qualquer dúvida vc me encontra na página de contatos la no alto deste blog.

Grande abraço e boa sorte.

O primeiro trampo…

Acabou de começar o curso, aquela euforia toda para começar a trabalhar logo, viver essa vida de mergulhador, conhecendo pessoas, lugares, mergulhando pelo mundo afora, sem nada que te segure.

Como futuro instrutor é mais do que meu dever não desanimar vc, e por isso não vou fazer isso, não porque eu queria te enrolar, até porque a idéia aqui naum é mentir, e ser o mais verdadeiro possível. Mas vou dizer para vc se acalmar e manter o foco nos seus estudos e na sua formação, para depois sim vc se preocupar em escolher aonde vc vai trabalhar e morar…Não estou falando para vc nao sonhar, pelo contrario, sonhe e sonhe muito alto…É isso que vai manter vc na linha do sucesso, sonhe com seus objetivos e tenha sempre em mente como vc vai conseguir realiza-los, pense nos caminhos, nos obstaculo, como vai vencer cada pedra e pense naquele gosto especial que sentimos quando conseguimos algo…mas nunca deixe que isso tire sua concentração dos estudos. Vou contar para vcs uma experiencia pessoal…

A umas duas semanas eu estava procurando na internet lugares para trabalhar em Cairns na Austrália. Achei lugares fantásticos e comecei a selecionar cada resort, cada centro de mergulho para enviar emails…enviei emails a todos eles falando que já estava para me formar como instrutor e que gostaria de saber como faria para trabalhar e tudo mais…Passou alguns dias, ninguém me respondeu…mais dias e nada…e depois de algum tempo, alguém me respondeu afirmando que não havia vagas. Fiquei meio assim com as coisas meio desacreditado…

Mas comecei a observar no decorrer dos dias as seguintes coisas:

Primeiro:
Um instrutor reconhece de longe se vc eh ou naum um instrutor…Essas pessoas são experientes, usam terminologias que são próprias da área em que trabalham, tem os seus trejeitos de falar e se expressar, fica dificil enganar alguém, mesmo que seja por email.

Segundo:
Para ser instrutor vc tem que ter um número registrado pela PADI.

Terceiro e creio que o mais importante:
Vc tem mergulhos logados, horas de trabalho (como divemaster), uma experiência que vc deve descrever rapidamente para o local aonde esta se candidatando, nunca mentir, pq isso queima seu filme e numa área como o mergulho, queimar o filme em um lugar pode ser fatal para a carreira.

Quarto:
Nunca tente enganar ninguém, ou vc vai cair no primeiro item que eu escrevi.

Quinto:
Tudo isso junto só vai resultar em uma coisa, ninguém vai te responder, vc vai achar que não existe mercado e vai desmotivar vc. Vc vai acabar perdendo horas de estudo e perdendo a vontade de estudar por estar desanimado e perder tempo é muito ruim, pois lembre-se: Um dia sem fazer o que é necessário significa mais um dia longe do seu objetivo.

Portanto, esqueça essa afobação, se acalme e concentre-se no seu estudo, nos mergulhos e no que vc vai aprender a todo momento.

No meu caso, eu curso o plano de carreira na Narwhal, tenho garantido estágios na escola como divemaster e dependendo do meu resultado posso ficar um mês em treinamento em Fernando de Noronha e dependendo do seu rendimento, vc pode ficar mais tempo por la e ganhando uma grana (o meu objetivo).

Mas mesmo sabendo de tudo isso, decidi me aventurar a saber mais e mais sobre trabalhar com mergulho, a acabei perdendo um pouco de tempo em selecionar lugar, mandar emails e etc…
Deixe isso para depois, concentre-se em se preparar e ótimo, o emprego é o resultado do seu preparo.
Seu objetivo deve ser sempre se preparar da melhor forma (como falei no tópico sobre a busca da excelência) o bom emprego num lugar paradisiaco vai ser o resultado desse seu esforço, no meu caso, Fernando de Noronha, corra atrás do seu…

Não se esqueça, aprenda idiomas, seja fluente ao menos em espanhol e inglês ou na lingua do lugar aonde vc vai querer trabalhar…isso é o minimo, sem isso pode esquecer mesmo que vc seja o mergulhador mais centrado que possa existir…