Chekout avançado

Fim de semana agitado…
Chekout de mergulho, agora categoria avançado…
Como de costume, segui juntamente com minha esposa para o litoral norte no sabado pela manhã, por volta das 5 horas da manha…chegamos la por volta da uma da tarde, as nossas tarefas iriam começar somente as 3 da tarde.

Passamos algumas horas na loja da Narwhal em ilha bela, conversando com o povo, fazendo amizades. realmente o grupo de mergulho avançado e mais seleto, um pessoal mais bacana do que no basico, creio q seja devido aos objetivos, qm esta no basico as vezes soh qr mergulhar para turismo, porem do avançado em diante a coisa fika mais seria ao mesmo tempo em q a maioria qr trabalhar com isso. O q eh bom, pois temos pessoa com um controle maior, com mais vontade e isso deixa tudo mais facil para todos.

assim que bateu as 3 horas, começamos a carregar nosso equipamento para barco. Dessa vez tinhamos mais coisas para levar, lanterna secundária, primária, apito, carretilha com 50m de linhas, mosquetões e tudo mais. A entrada no barco foi tranquila, porém o mal tempo denunciava o que tinhamos pela frente. Ao chegarmos no ponto de mergulho, a primeira tarefa seria de cara fazer o mergulho profundo… até ai sem novidades, continuei concentrado arrumando minhas coisas, colocando minha roupa e preparando equipamentos. O mar estava bravo, formando algumas ondas, perto do barco havia algumas água-vivas, o que denunciava que la embaixo a corrente estava realmente forte. Mesmo assim, estavamos pronto quando a chuva começou e pulamos um a um para água, a Camila e eu fomos os últimos e assim iniciamos nossa decida rumos aos 27 metros guiados pelo cabo de viagem amarrado junto a âncora, nosso guia e divemaster.
O frio era absurso, a mão parecia petrificada, a respiração cada vez mais dificil, naquele momento agradeci por não ser uma pessoa desesperada, me mantive calmo, concentrado, aguentando o frio e sempre preocupado com a minha espova que vinha logo atrás, quando batemos a marca de 27 metros, ja podia sentir o chão, visibilidade de meio metro a 1 metro, um escuro estranho, o instrutor acende a lanter e derrepente…

Uma das alunas aparece, sinalizando que algo estava errado, ela começou a sinalizar para subir e até então para mim, ela era nosso intrutor pois estavam com acessórios iguais, começamos a subir, e percebemos que ela estava meio desesperada, mas não podiamos ultrapassar a velocidade de segurança de subida, foi ai que então a Camil tomou a frente da garota, comigo ao lado, sinalizando para subir, começamos a subir talvez no máximo da velocidade limite, antes de nossas bolhas e assim subimos…
Naqueles momentos, me mantive preocupado com a Camila e também com medo pois não sabia ao certo o que estava acontecendo abaixo de nós…

Foi ai que chegamos a superficie e a Camila rapidamente inflou o colete da garota, com flutuabilidade positiva ela gritava para que tirassem ela da água, nesse momento alguém da tripulação na estava na água e tudo acabou bem, depois fomos saber que ela na verdade errou um exercicio quando estava la embaixo, o exercicio de zerar a mascara quando temos água dentro dela, ela acabou respirando agua pelo nariz e se engasgou, acabou se apavorando e decidiu subir.  Pela atitude dela, nossa atitude e de todos os demais, fomos parabenizados no final daquele sabado pela ação e por não termos entrado em pânico, ficou evidente que as coisas acontecem e temos que estar preparados e o que aconteceu foi uma experiência real em um treinamento, valeu pelo aprendizado, porém espero que sejam poucas as vezes que isso se repita e como quero seguir carreira nesse mundo, espero que o que venha acontecer não seja pior do que isso.

De resto, depois do acontecido voltamos para o mergulho profundo e realizei com todo mundo a descida aonde fizemos alguns exercicios e tudo deu certo….No mais, o domingo foi lindo, muito sol, um dia realmente especial aonde treinamos navegação por bussola,  e depois navegação em mergulho de turismo. Ainda no sabado, treinamos navegação a noite, e fizemos o mergulho noturno, que foi maravilha, mergulhamos em uma naufrágio, mas claro sem adentrar o navio, apenas do lado de fora. Mas logo vamos fazer esse mergulho, falta pouco para o curso de naufrágio. Completamos bem os exercicios, tivemos alguns problemas, porem saimos de la sem duvidas….mais detalhes, acesse a seção divelog e la vai estar o meu logbook.

-Algumas dicas para quem vai ser avançado:

-Não saia do curso sem duvidas, se errou, pergunte ate conseguir, tudo o que vc vai aprender neste curso vai ser utilizado em sua carreira, é bom que aprenda bem.

-No mergulho de busca e recuperação, cuidado ao descer com a corda e o saco de ar, prenda bem, nao deixe nada escapar.

-mantenha a calma no mergulho profundo e noturno, naum se desespere se sua dupla se perder no meio da escuridao, mantenha a calma ou vai ter mais um problema, siga o que aprendeu no teorico.

-mantenha contato visual sempre com a dupla, principalmente quando a agua estiver ruim como nesse fds.

-aprimore e automatize o uso da bussola, ela eh sua vida debaixo da agua tbm.
-vale a pena conversa muito sobre qm vai navegar e qm vai contar ciclo de pernadas e etc antes de cair na agua, vaum por mim, vc vaum economizar tempo, e stress..

-treine a flutuabilidade sempre.

-a noite no exercicio de bussola, cuidando com o terreno abaixo de vc, por nao conhecer o lugar esbarrei em varias pedras ate poder me situar totalmente.

-prenda bm os equipamentos no colete para q nao soltem.

-ja caia na agua com a lanterna ligada

quem tiver mais coisa para falar, soh falar….valeeeu te+++  fotos abaixo:

2.jpg3.jpg4.jpg5.jpg6.jpg
7.jpgatyaaabecpd1w5vayyajgx3_pyeux-jpt6a1c8cqy3egeu7oyelasjw77mox8ko5qatczzyfdgpbvi13w0lqeljfkwedajtu9vag4bjqilreylf2f8af3dglvjyngw.jpg

Anúncios

Dentro do Go Pro Challenge 2008

A partir de hoje, participante oficial de 2008.

2008gpciconcm254f92_m.jpg

Paixão por ser cada vez melhor.

Não é de hoje que falo sobre sempre buscar a excelência em tudo o que você coloca a mão.
Hoje temos aqui um video que acho muito bacana sobre um dos meus maiores idolos no esporte, Michael Jordan.

Abraços a todos.

O primeiro mergulho.

A sensação é ótima, eu sempre gostei dessa coisa de montar equipamentos, testar isso, testar aquilo. Aquele frio na barriga sabendo que assim que o barco atracar vamos estar em contato com um mundo completamente novo. Apesar de não ser minha primeira experiência no mar, já que desde os dez anos de idade pratico snorkling, esporte que aprendi com meu pai que é mergulhador pela PADI. Mas é o meu primeiro contato com scuba dive.
E foi pensando em tudo isso e junto com a minha esposa que chegamos ao local de mergulho em Ilha Bela.
Como é o curso básico, tinhamos apenas que cumprir algumas séries de exercicíos no sábado e domingo.

Mas por mais simples que seja, é de extrema importância, porque como fazemos parte do plano de carreira, em nossas mentes, não era somente mergulhar e blz, tinhamos que exigir de nós mesmos o melhor, tentar o máximo possível colocar em prática o que aprendemos na teoria, na piscina e o que estavamos treinando ali no mar. Até porque um dos nossos objetivos é estar em fernando de noronha, trabalhando no final do ano, por isso mesmo tinhamos que ter uma exigência tremenda com nós mesmos, para não errar e se errarmos, corrigirmos e revizar o erro.

Ainda bem que tudo correu bem nos dois dias, exercicíos de subida de emergencia controlada, deslocamento de mergulhador cansado, simulação de falta de oxigênio, tudo correu bem.
Mas o que eu realmente me dediquei mais e creio ter saido de la com uma base muito boa foi a flutuabilidade.
Função essa que é o divisor de águas do mergulho e para nós uma questão de honra praticamente (hahahahaha) mas batalhei bastante para controlar e flutuabilidade e o no mergulho de domingo eu e mais alguns companheiros estavamos fazendo turismo com com um dos divemasters e eu já conseguia descer para perto do solo e subir quando eu queria e somente com os controles dos pulmões, é uma experiência única, é como voar. Naquele dia também fiquei feliz pelo fato de uma vez que eu controle a flutuabilidade, faço menos esforço desnecessário e com isso tenho mais oxigênio para o mergulho.

Por fim, apliquei tudo o que aprendi nos cursos no mar e acabei me saindo bm, me senti um pouco gente grande por mergulhar nivelado com os divemasters.

Algumas Dicas.

-Cuidado com mochilas e eletronicos, tudo molhas no barco.

-Eles oferecem frutas, refri e água.

-chegue na hora ou vai ser vaiado.

-Se for para Ilhabela e nunca tiver ido, cheque o horário da balsa, ela demora muito.

-Existe um lugar chamado Camping Palmar em Ilha bela, para acampar custa 20 reais por pessoa a diaria, se vc fizer como nós e for no sabado, vai pagar so 40 reais, pq depois do mergulho de domingo voltamos direto pra casa, naum pagamos mais uma diaria. Eles tbm tem chales, custa 80 reais a diaria para o casal. É bem localizado, na avenida da Narwhal, por sinal, a unica avenida em ilha. em breve vou postar o site aqui.

-Se vc nunca colokou a roupa de mergulho, experimente fazer com uma sacolinha de supermercado envolvendo suas maos ou pes, um de cada vez, vc vai vr como eh bem mais facil.

-Ajude os instrutores, conheça a galera, sao todos muito legais e recebem todo mundo de braços abertos, muito papo e experiencia trocada.

-no barco existe um chuveiro com água quente, aproveite, mas naum abuse.

-Pratique muito não tocar em nada, com as maos ou nadadeiras, lembre-se que em varios pontos de mergulho no mundo, vc tem que ter uma flutuabilidade boa pq nao pode tocar em absolutamente em nada…o outro motivo, é que nao parece ser muito bacana tocar em algo no mar, deixe tudo aonde esta, nao incomode os animais, apenas curta o visual, a natureza o silencio e os bixos e cuidado aonde vc vai pisar, para nao quebrar nada.

-De resto, é só cair na agua e curtir o passeio

Fizemos tbm todo controle de gastos no final de semana, vou passar a limpo e postar aqui em breve.

Na seção de divelog vou estar colocando os dados tecnicos dos 4 mergulhos em ilha bela.
Este final de semana (1 e 2 de março) estarei de novo em ilha bela para realizar o mergulho avançado. Busca e recuperação, noturno, profundo entre outros…vai ser mais um grande fim de semana.

Abaixo, algumas fotos:

Ilhabela_1Ilhabela_2Ilhabela_3

Valeu galera, forte abraço e até mais.

Mais sobre liderança e mergulho.

Ontem, domingo, eu estava em casa olhando mais alguns livros para comprar e continuar a aprofundar meu aprendizado dentro do mundo da liderança e tbm do mergulho.

Porém, hoje quando vinha para o trabalho, passei em frente a uma escola, que deve ter alunos ate a oitava serie e observei um cara que trabalha recebendo os alunos. Se trata de um rapaz com uns 40 anos mais ou menos, negro, alto, que fica na porta da escola dando bom dia aos alunos, brincando com eles, enchendo o saco msm, tirando onda, comprimentando e falando girias como a molekada.

Imagina vc chegar a escola, as 6 da manha, com aquele baita sono, sabendo das diversas tarefas que vai ter que fazer durante o dia…vc ja chegava querendo ir embora, mas aquele cara fazia a diferença, ele comprimentava e brincava com todos de modo que todo mundo sorria, brincava com eles tbm, fazia daquele horario que normalmente eh uma saco, um pouco mais legal…tratava todos iguais…

e comecei a pensar sobre como isso era importante em todos os lugares com todas as pessoas e todas as profissoes..porem, trazendo isso para o mergulho, creio que seja uma das qualidades do lider, saber lhe dar com as pessoas e fazer como que as momentos ruins se transformem em oportunidades.

pessoalmente, eu sempre disse que nunca vi uma situação ruim como algo contra a minha pessoa, pelo contrario…um problema e ainda mais sem solução, é sinal de que as pessoas proximas nao estao sabendo como resolver, o que quer dizer que temos uma oportunidade de aprender algo novo e nos encaixarmos aonde se encontra essa falha…

Problemas sao oportunidades e foi exatamente o que aquela cara fez, ele percebeu que todo os alunos chegavam ja de saco cheio e de alguma forma, usou akilo para se entrosar mais com eles como resultado, ele deve ter conseguido uma maior atencao da diretoria da escola, maior atencao dos pais que ja nao levavam a maioria dos alunos ate a porta, mas sim, deixavam com esse cara…ou seja…confiança meus caros…que se constroi dia pós dia…
alem disso, um circulo de amizade e pq nao de protecao entre os proprios alunos…

aproveitando, assisti alguns filmes no fim de semana que vai ajudar as pessoas que querem entender algo mais sobre liderança.

Sete anos no Tibet
Treinador Carter (Coach Carter)

Abraçooo aeee, ate breve !

O primeiro trampo…

Acabou de começar o curso, aquela euforia toda para começar a trabalhar logo, viver essa vida de mergulhador, conhecendo pessoas, lugares, mergulhando pelo mundo afora, sem nada que te segure.

Como futuro instrutor é mais do que meu dever não desanimar vc, e por isso não vou fazer isso, não porque eu queria te enrolar, até porque a idéia aqui naum é mentir, e ser o mais verdadeiro possível. Mas vou dizer para vc se acalmar e manter o foco nos seus estudos e na sua formação, para depois sim vc se preocupar em escolher aonde vc vai trabalhar e morar…Não estou falando para vc nao sonhar, pelo contrario, sonhe e sonhe muito alto…É isso que vai manter vc na linha do sucesso, sonhe com seus objetivos e tenha sempre em mente como vc vai conseguir realiza-los, pense nos caminhos, nos obstaculo, como vai vencer cada pedra e pense naquele gosto especial que sentimos quando conseguimos algo…mas nunca deixe que isso tire sua concentração dos estudos. Vou contar para vcs uma experiencia pessoal…

A umas duas semanas eu estava procurando na internet lugares para trabalhar em Cairns na Austrália. Achei lugares fantásticos e comecei a selecionar cada resort, cada centro de mergulho para enviar emails…enviei emails a todos eles falando que já estava para me formar como instrutor e que gostaria de saber como faria para trabalhar e tudo mais…Passou alguns dias, ninguém me respondeu…mais dias e nada…e depois de algum tempo, alguém me respondeu afirmando que não havia vagas. Fiquei meio assim com as coisas meio desacreditado…

Mas comecei a observar no decorrer dos dias as seguintes coisas:

Primeiro:
Um instrutor reconhece de longe se vc eh ou naum um instrutor…Essas pessoas são experientes, usam terminologias que são próprias da área em que trabalham, tem os seus trejeitos de falar e se expressar, fica dificil enganar alguém, mesmo que seja por email.

Segundo:
Para ser instrutor vc tem que ter um número registrado pela PADI.

Terceiro e creio que o mais importante:
Vc tem mergulhos logados, horas de trabalho (como divemaster), uma experiência que vc deve descrever rapidamente para o local aonde esta se candidatando, nunca mentir, pq isso queima seu filme e numa área como o mergulho, queimar o filme em um lugar pode ser fatal para a carreira.

Quarto:
Nunca tente enganar ninguém, ou vc vai cair no primeiro item que eu escrevi.

Quinto:
Tudo isso junto só vai resultar em uma coisa, ninguém vai te responder, vc vai achar que não existe mercado e vai desmotivar vc. Vc vai acabar perdendo horas de estudo e perdendo a vontade de estudar por estar desanimado e perder tempo é muito ruim, pois lembre-se: Um dia sem fazer o que é necessário significa mais um dia longe do seu objetivo.

Portanto, esqueça essa afobação, se acalme e concentre-se no seu estudo, nos mergulhos e no que vc vai aprender a todo momento.

No meu caso, eu curso o plano de carreira na Narwhal, tenho garantido estágios na escola como divemaster e dependendo do meu resultado posso ficar um mês em treinamento em Fernando de Noronha e dependendo do seu rendimento, vc pode ficar mais tempo por la e ganhando uma grana (o meu objetivo).

Mas mesmo sabendo de tudo isso, decidi me aventurar a saber mais e mais sobre trabalhar com mergulho, a acabei perdendo um pouco de tempo em selecionar lugar, mandar emails e etc…
Deixe isso para depois, concentre-se em se preparar e ótimo, o emprego é o resultado do seu preparo.
Seu objetivo deve ser sempre se preparar da melhor forma (como falei no tópico sobre a busca da excelência) o bom emprego num lugar paradisiaco vai ser o resultado desse seu esforço, no meu caso, Fernando de Noronha, corra atrás do seu…

Não se esqueça, aprenda idiomas, seja fluente ao menos em espanhol e inglês ou na lingua do lugar aonde vc vai querer trabalhar…isso é o minimo, sem isso pode esquecer mesmo que vc seja o mergulhador mais centrado que possa existir…